Cidade

  • Início •
  • Blog

"A preocupação do Conselho é a qualidade dos profissionais" diz médico sobre exame de ordem

Da redação

09/07/2024


Nesta terça-feira, 9, o Jornal da Fan entrevistou Ricardo Scandian, membro do Conselho Federal de Medicina (CFM). Durante a entrevista, o médico defendeu ser favorável à criação de um exame de ordem para profissionais da medicina.

“Uma pergunta que as algumas pessoas nos fazem: não vai faltar médicos no Brasil? O Brasil tem 600 mil médicos, uma relação médico/população de 3 para cada grupo de mil habitantes, é a média OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico). Então, não se trata mais de uma questão de falta de médicos. Já há médicos desempregados em Sergipe, já há uma fila de recém-graduados desempregados, e eu entendo que é o momento sim de por essa prova, prova da ordem para Medicina. A preocupação do Conselho é a qualidade dos profissionais”, defende Ricardo.

O médico aponta que no âmbito profissional a proposta de criação do exame tem sido aceita entre médicos e estudantes. “Por incrível que pareça, muitos estudantes são a favor. Os médicos, nós conversamos muito com os colegas aqui de Sergipe, seja em fóruns informais, seja no corredor dos hospitais, e a maioria dos colegas -a grande parte – entende que sim, é necessário a prova”, aponta.

Segundo o médico, as discussões sobre a criação de um exame de ordem para profissionais de medicina tem que passar pelo Congresso. “Essa discussão começou há dois anos dentro do CFM, haja vista a preocupação com a formação médica no Brasil. Esta discussão começou há dois anos, houve um amadurecimento, no começo muito interno, entre os conselheiros, e em janeiro deste ano fizemos o protocolo  junto a presidência da iniciativa da prova. Dr. Hiran Galo, presidente do CFM – aprovada a iniciativa – levou para o Congresso. É competência do Congresso a discussão e aprovação desta prova”, explicou .

 

Nosso Twitter @portalfanf1

Nosso Instagram @portalfanf1