Política

  • Início •
  • Blog

"Foi Marco Feliciano desviando a atenção", diz Rogério sobre suposta ‘cusparada’ na CPMI

Por Narcizo Machado

09/08/2023


Bastidores
Por Narcizo Machado

A polêmica se deu na sessão de ontem da CPMI do 8 de janeiro. O senador petista Rogério Carvalho assiste ao discurso de Marco Feliciano sem interrupções. Discurso duro e cheio de agressões a políticos de viés de esquerda.

Após a fala, Marco Feliciano não aceita confronto da senadora Soraya Thronicke, bate à mesa, e é repreendido por Rogério e outros. Com o petista sergipano, ele chega a ficar ‘cara a cara’. Depois do episódio, nada é reclamado.

Em seguida, Rogério faz discurso forte, rebate acusações e entende, na avaliação pessoal, que venceu na argumentação. Talvez por isso, sua justificativa para o episódio, classificando-o como “ato de desespero”.

Após a fala de Carvalho, Feliciano alega ter sido cuspido e diz que Rogério ainda teria  dito que “faria de novo”. As câmeras não mostram a cena. O clima esquentou e imagens da sessão foram solicitadas para averiguação.

O Jornal da Fan mostrou a polêmica e estimulou a participação de ouvintes que, de forma equilibrada, acreditaram e desacreditaram na narrativa do bolsonarista Marco Feliciano.

O senador Rogério Carvalho foi procurado por Bastidores para se pocisionar sobre o episódio e deu uma declaração sucinta.

“Foi Marco Feliciano desviando a atenção por ter perdido o debate”, disse.

Segundo ele, o pastor se descontrolou após perceber que, por mais um dia, os bolsonaristas não conseguiram impor a versão protecionista aos chamados “golpistas do 8 de janeiro”.

Aguardemos a publicação das imagens. Rogério promete, inclusive, reagir com pedido de processos nas Comissões de Ética para os que fizeram “acusações levianamente”, afirma ele.

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Nosso Twitter @portalfanf1

Nosso Instagram @portalfanf1