Política

  • Início •
  • Blog

“Não vamos aceitar candidatura de anúncio feito dentro de gabinete”, diz Fabiano sobre “agrupamento dos 15”

Da redação

14/07/2023


Em entrevista à repórter Magna Santana, o vereador Fabiano Oliveira (PP), falou sobre o “agrupamento dos 15”, que é como tem sido chamado o grupo formado por 15 vereadores, tanto de oposição, quanto de situação, que se uniram em prol da articulação de um nome de consenso entre os parlamentares, para a disputa eleitoral municipal de 2024.

O presidente da Câmara Municipal, Ricardo Vasconcelos, já havia falado sobre a questão, em recente entrevista concedida ao Jornal da Fan. Fabiano Oliveira, um dos 15 parlamentares deste agrupamento, explicou a razão de diferentes correntes políticas se unirem em prol de um objetivo comum.

“Nós temos que respeitar os poderes, Legislativo, Executivo e Judiciário, cada um com sua legitimidade, cada um lutando, obviamente, pela missão que nós temos, como vereador, de lutar pelas demandas do dia-a-dia da cidade de Aracaju.  A Câmara Municipal tem uma porta de entrada e ali nós encontramos o povo todos os dias. Lá não temos gabinetes (não estou criticando ninguém). A gente atende ali, na entrada. Você tem que estar todos os dias em comunicação direta com a população aracajuana. São 15 parlamentares que hoje estamos unidos, conversando e dialogando. O que nós queremos é buscar estar juntos para dialogar, numa hora pós carnaval, pois agora não é momento de discutir eleição. Estaremos juntos, os 15, que podem ser 16, 17 ou 18, e que venham mais lideranças para fazer parte desse agrupamento. A política é a arte do diálogo e nós estamos prontos para dialogar”, declarou Fabiano.

O vereador aproveitou o ensejo para ratificar o posicionamento do presidente da casa, Ricardo Vasconcelos e reafirmar o posicionamento do grupo quando ao desejo de indicar um nome que reverbere ventile com desenvoltura pelos corredores da Câmara e que seja encarado positivamente pela maioria dos vereadores.

“A união faz a força. Eu tenho uma história política de lealdade. Eu não sou de ficar pendendo o tempo todo em busca do poder. São 15 parlamentares. Com toda humildade, nós temos propriedade para falar. Estamos preparados para o bom debate.  Eu nunca fiz política atacando pessoas. Temos hoje uma Câmara Municipal que está unida. Não queremos botar a corda no pescoço de ninguém, nós queremos estar prontos para sermos valorizados. Nosso presidente, Ricardo Vasconcelos, tem feito uma gestão preocupado com as questões do povo de Aracaju. Essa é a prioridade número 1 dos 24 vereadores. Esse grupo pode aumentar, não existe agrupamento fechado, existe um grupo que quer dialogar. “Não vamos aceitar candidatura lendo jornal, escutando rádio e anúncio de gabinete. Não vamos aceitar o panelaço”, disse Fabiano Oliveira.

Fabiano aproveitou para reforçar a posição de aliado do atual prefeito, Edvaldo Nogueira (PDT) e também enaltecer a administração do gestor municipal, que ele considera muito boa. Além disso, o vereador ressaltou que, justamente por avaliar positivamente a gestão de Edvaldo, o próximo prefeito de Aracaju deve ser alguém com condições de continuar seu legado político-administrativo.

“Sou aliado de Edvaldo Nogueira, com muito orgulho. Eu não sou daquele que ‘ah, sou da base aliada e fico ali’. Não, eu defendo Edvaldo Nogueira todos os dias no parlamento. Eu sou Edvaldo Nogueira. E sou Fábio Mitidieri. Esse agrupamento faz parte do agrupamento de Edvaldo e do agrupamento de Fábio, que são os dois líderes que vão comandar essa associação municipal. Não podemos ter vaidade. O que nós queremos é ter o melhor nome para dar continuidade à gestão de Edvaldo Nogueira e ao ritmo implementado por Fábio Mitidieri”, ressaltou Fabiano.

Nosso Twitter @portalfanf1

Nosso Instagram @portalfanf1