Política

  • Início •
  • Blog

Vereador denuncia suposta ameaça de morte feita por pré-candidato em Socorro

Da redação

01/07/2024


Vereador por Nossa Senhora do Socorro, Tiago Azevedo prestou um Boletim de Ocorrência nesse último domingo, 30, relatando ter sofrido ameaças de morte do pré-candidato a vereador Adriano da Piabeta, que faz parte de seu agrupamento. Em entrevista ao Jornal da Fan, da rádio Fan FM, nesta segunda-feira, 1º, ele deu detalhes sobre o fato. 

Segundo o parlamentar, a primeira ameaça foi registrada no dia 8 de junho, em sua própria casa.

“Eu estava na minha residência, e de repente me chegou esse cidadão por nome de Adriano da Piabeta, estava em seu veículo e já foi descendo me ameaçando de morte, devido a eu ter questionado o comportamento dele para com uma liderança minha. Falei ao prefeito [Inaldo] do comportamento dele, o prefeito o ligou e, automaticamente, ele não gostou. Me procurou para tomar satisfação e ainda me ameaçou de morte”, afirmou.

Já nesse último domingo, a convite do prefeito Inaldo, Tiago conta que foi até a casa de um aliado político, onde novamente foi alvo de ameaças por parte de Adriano. 

“Fui para lá para conversarmos sobre política partidária e, chegando lá, assim que adentrei, o mesmo cidadão, o Adriano da Piabeta, me ameaçou novamente de morte. Tenho vídeo do primeiro momento em que ele me ameaçou no dia 8 de junho, testemunhas também, e ontem ele me ameaçou na frente do próprio prefeito e outros secretários que estavam presentes”, completou.

Na oportunidade, Tiago foi questionado sobre o motivo de não ter trazido as ameaças à tona anteriormente. Ele demonstrou receio em causar desgaste dentro do próprio agrupamento. 

“Eu evitei devido a eu ser do mesmo agrupamento que ele, nós fazemos parte do agrupamento do prefeito Padre Inaldo, e eu não quis tornar público para evitar desgaste, mas ontem eu resolvi registrar um Boletim de Ocorrência devido a já ser a terceira vez que ele me ameaça. Era meu assessor [na Câmara de Vereadores], o exonerei devido a ele estar pré-candidato a vereador. Respeito, estamos a viver em um país democrático, é um direito que assiste a todos”, disse ele.

Ainda durante a entrevista, Tiago afirmou que Adriano já foi investigado por porte de arma de fogo. O vereador disse que irá procurar a Secretaria da Segurança Pública (SSP) para pedir proteção.

Nosso Twitter @portalfanf1

Nosso Instagram @portalfanf1