Cidade

  • Início •
  • Blog

Após registro de B.O, Polícia Civil inicia investigação sobre ação de 'carimbadores' no Arraiá do Povo

Da redação

10/06/2024


Em entrevista ao Jornal da Fan nesta segunda-feira, 10, o coordenador de comunicação da Secretaria de Segurança Pública (SSP/SE),  Lucas Rosário, confirmou que a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Turismo (Detur), já investiga a ação dos chamados ‘carimbadores’ no Arraiá do Povo.

O fato repercutiu após a vítima, uma jovem, de 20 anos, relatar o caso  por meio das redes sociais. Ela narrou que enquanto curtia a festa na última quinta-feira, 6, sentiu uma espetada na região da panturrilha, que causou um sangramento. Após o fato, segundo a Secretaria do Estado da Saúde (SES) ela procurou atendimento médico junto ao Samu e depois foi atendida em unidade hospitalar de Aracaju.

A investigação foi iniciada após a vítima desta ação prestar o boletim de ocorrência neste domingo. “A gente ficou acompanhando esse caso para verificar se haveria o boletim, e a gente percebeu que ontem o boletim de ocorrência foi feito, com a narração da vítima, e isso já gerou uma investigação pela Delegacia de Turismo, que funciona no sistema de plantão na Orla de Atalaia”, detalhou Lucas.

O coordenador de comunicação da SSP disse ainda que, até o momento, este foi o único fato registrado, mas que seguem monitorando. “ Foi o único fato realmente registrado. A gente está muito atento a esta situação, já com a investigação em andamento”, reforçou.

SES pede tranquilidade à população

Também nesta segunda-feira, 10, a porta-voz da Secretaria do Estado da Saúde (SES), Cristina Rochadel,  falou sobre o assunto e pediu para a população se tranquilizar diante da denúncia.

“ É claro que é difícil porque a gente está falando de vidas, de doenças, de contágio, mas essa possibilidade, essa probabilidade de contágio, dessa forma que tem sido colocada, ela é quase que nula”, explicou.

A porta-voz ainda reforçou quais medidas devem ser tomadas caso ocorram novas ações dos ‘carimbadores’. “Precisamos deixar claro que em Aracaju nós temos duas unidades municipais, a UPA Zona Sul e Unidade Nestor Piva, que oferecem a medicação e o teste 24h. Precisou deste atendimento, você tem que recorrer, em até 72h, após esta provável exposição, você deve procurar essas duas unidades de saúde em Aracaju”, frisou.


Nosso Twitter @portalfanf1

Nosso Instagram @portalfanf1