Política

  • Início •
  • Blog

Sukita e emissora Mega FM têm redes sociais suspensas pela Justiça Eleitoral

Da redação

25/05/2024


Bastidores

Por Narcizo Machado

A assessoria jurídica do União Brasil do município de Capela conquistou aquela que é, até o momento, a mais importante decisão da Justiça Eleitoral neste pleito de 2024.

O partido acusa Sukita e a emissora Mega FM de propagarem fake News e propaganda negativa antecipada. A matéria em questão diz respeito a acusação do uso de recursos da educação para contratação de atrações artísticas.

Segundo a juíza Claudia do Espírito Santo, Sukita, mesmo não estando com seus direitos políticos, usou as redes sociais e a emissora para publicar inverdades.

“O requisito urgência consubstancia-se na própria natureza da prática vedada que é a propaganda extemporânea, cuja permanência não apenas propaga o ilícito mas intensifica os danos à imagem dos candidatos e políticos que integram o grupo político do representante, sendo crucial o pronto cerceio da conduta. Assim, a remoção imediata do conteúdo falso e suspensão das contas utilizadas como ferramentas para cometimento das propagandas ilícitas é medida que se impõe”, decidiu a magistrada.

Contas do Instagram, YouTube e Facebook de Sukita e da emissora já estão fora do ar.

Nosso Twitter @portalfanf1

Nosso Instagram @portalfanf1