Cidade

  • Início •
  • Blog

Três pessoas são presas em segunda fase de operação que mirava tráfico de drogas e lavagem de dinheiro

Da Redação

17/05/2024


Na manhã desta sexta-feira, 17, foi deflagrada a segunda fase da Operação Underground com o objetivo de combater crimes relacionados ao tráfico de drogas, lavagem de capitais e organização criminosa. Na ação policial, três investigados foram presos em cumprimento a mandados de prisão. Oito decisões judiciais de busca e apreensão também foram cumpridas.

Durante a operação, foram apreendidas armas de fogo, munições e documentos relacionados à prática dos crimes. A ação ocorreu nas cidades de Aracaju, Itabaiana e Moita Bonita.

De acordo com o delegado Alisson Lial, as investigações tiveram início em 29 de agosto de 2022, quando policiais civis do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) prenderam um homem investigado por tráfico de drogas e homicídio. 

“O objetivo da investigação e da operação foi desarticular uma organização criminosa responsável pela comercialização ilegal de armas de fogo, munições e acessórios; além de tráfico de drogas”, enfatizou.

Na investigação, o Cope e a Divisão de Inteligência (Dipol) identificaram que o investigado – preso em agosto de 2022 – operava um esquema criminoso, chefiado por outro homem.

 “Comercializando, ilegalmente e em larga escala, armas de fogo, munições e acessórios. Revelou-se, ainda, outros investigados, com atuação criminosa voltada para o comércio ilegal de material bélico e tráfico de drogas interestadual”, acrescentou Alisson Lial.

Na primeira fase da Operação Underground, deflagrada no ano passado, foram cumpridos sete mandados de prisão preventiva e 14 mandados de busca e apreensão, subdivididos em 33 endereços diferentes. 

Nosso Twitter @portalfanf1

Nosso Instagram @portalfanf1