Cidade

  • Início •
  • Blog

Retomada do Verão Sergipe agrada público e comerciantes

Publieditorial

06/02/2024


Foto: Erick O’Hara

PUBLIEDITORIAL

Desde janeiro o estado revive um projeto que entrou na memória dos sergipanos. Após mais de dez anos de intervalo, o Verão Sergipe retornou às praias e destinos turísticos do estado e, desta vez, com o diferencial de apresentar ao público, roteiros ainda pouco conhecidos, como é o caso da Ponta dos Mangues, em Pacatuba.

Foto: Igor Matias

Incorporar destinos inéditos no cronograma, como Ponta dos Mangues e Canindé de São Francisco, é estratégico para atingir o objetivo de interiorizar o turismo em Sergipe. Há quatro semanas turistas e sergipanos usufruem de programações musicais e e esportivas, com o Verão Sergipe 2024. 

Até o momento, a praia da Caueira (Itaporanga d’Ajuda), Ponta dos Mangues (Pacatuba), Canindé de São Francisco e Pirambu foram as cidades-sede do evento, que começou no dia 12 de janeiro. Grandes nomes da música nacional, como Nando Reis, Saulo Fernandes, Iguinho & Lulinha e Maneva já passaram pelos palcos do Verão Sergipe. No próximo sábado, dia 10 de fevereiro, um novo formato do Verão Sergipe será estreado, com a realização do carnaval da praia do Abaís (Estância). São aguardados Pagod’Art e Cavaleiros Elétricos entre as atrações, que vão até a segunda, 12.

Os sergipanos estavam saudosos do projeto que, além de proporcionar entretenimento, busca fomentar a economia por meio do turismo e com isso gerar empregos e renda. Um dos nichos que o Verão Sergipe movimentou este ano foi o de transporte de passageiros. Mike Abel trabalha com o pai. Eles são donos de uma frota de Vans e costumam ser contratados para fazer passeios.

Erick O’Hara

“Moramos em Poço Redondo e levamos passageiros para o Verão Sergipe em Canindé, quando começou a programação por lá. A demanda aumentou muito esse mês. O melhor é que eu também gosto da festa, curti Iguinho & Lulinha, Vitor Fernandes, em Canindé, além de Tayrone, em Pirambu. É uma proposta bem interessante, Sergipe ficou movimentado e, para mim, isso foi ótimo, porque garantiu minha renda”, disse o autônomo de 22 anos de idade. 

Habituados com os bloquinhos de rua durante o Carnaval, Daise Clécia, de 28 anos, e sua mãe costumam ir a festas de Pirambu para comercializar. No momento elas estão trabalhando com bebidas, e o lucro, segundo as comerciantes, superou o esperado. “Fomos às duas noites de shows de Pirambu. O movimento deu bom. Foi bastante seguro e as atrações nos surpreenderam. A gente gosta de Tayrone, então unimos o útil ao agradável”, declarou Daise Clécia.

O Verão Sergipe é realizado pelo Governo de Sergipe, por meio da Fundação de Cultura e Arte Aperipê (Funcap), em parceria com o Ministério da Cultura, com patrocínio do Banese e Energisa, e conta com apoio das prefeituras de Itaporanga d’Ajuda, Pacatuba, Canindé de São Francisco e Pirambu e Deso.

Nosso Twitter @portalfanf1

Nosso Instagram @portalfanf1