Cidade

  • Início •
  • Blog

Progresso: trabalhadores cruzam os braços e Adierson garante “tudo vai passar”

Da redação

01/12/2023


No início da manhã desta sexta-feira, 1º, os trabalhadores da Viação Progresso cruzaram os braços na frente da sede da empresa, localizada na Av. Marechal Rondon, em Aracaju. O motivo é o atraso no pagamento de direitos trabalhistas e salários.

“Nós estamos reivindicando os nossos direitos. Tem o 13º do ano passado que está atrasado, ele fez um acordo com a gente, mas só pagou uma parcela. Nós estamos aqui com quatro salários atrasados e sem falar no ticket alimentação”, disse um colaborador em entrevista a Magna Santana, no Jornal da Fan, que estava no local, mas não se identificou.

Com os braços cruzados, os trabalhadores afirmam que só voltam a trabalhar com o dinheiro na conta. “A gente está reivindicando que ele pague as duas parcelas do 13º do ano passado e, no mínimo, dois salários e dois tickets. A gente não quer que ele pague tudo imediatamente, mas o mínimo é essa proposta da categoria”, alegou o manifestante.

Ainda durante a paralisação, os rodoviários pediram que o empresário Adierson Monteiro desse alguma resposta. O empresário falou, também no Jornal da Fan, e afirmou que “tudo vai passar”.

Segundo Adierson, após a confirmação do subsídio para o transporte público, foi decidido que essa será a solução para os atrasos. “Todo o recurso que a empresa vai receber, será destinado, unicamente, para resolver o problema salarial dos trabalhadores”, declarou.

Segundo Adierson, esse é um compromisso já firmado com os colaboradores. “Assim que a SMTT fixar os valores que vamos receber. Nós vamos sentar com o pessoal”, disse o empresário, que não confirmou o pagamento da proposta mínima feita pela categoria.

Nosso Twitter @portalfanf1

Nosso Instagram @portalfanf1