Cidade

  • Início •
  • Blog

Artigo: A música, meu gole de nostalgia eterna

Por Elton Coelho

29/11/2023


Se eu tivesse quem me acompanhar eternamente, já teria sido eleita: a música. Seus tons, versos, melodias, acordes, paixões, paixonites, românticas e breguices, axés e jazz, blues e forró. Todos os sons.

Fiz hoje um cântico só, com ela. Ouvindo de tudo. Como é bom, como é paz de vida. No meu lar escutei mais que músicas. Fiz viagens, desde sempre. Pra se ter uma ideia, das 21h às 02h, sem arredar o pé. Sem ficar bêbado, apenas nas entonações musicais que pairaram à cabeca e me remeteram ao passado/presente. Tudo isso se fazendo vida docemente.

Desde os nove anos cultuo. Escutava às 5h no rádio que meu pai Edgar sustentava no armário da cozinha, um belo exemplar de Motorádio a energia e um radinho de pilha ABC, para ouvir músicas e notícias. Predestinação que me acompanha até hoje.
Todos dormiam. Mãe Edice, irmão Edgarzinho e eu a escutar músicas. De manhã e de noite, ao dormir.
Tenho uma frustração, confesso. Apesar de apaixonado pela música e todos seus tons, não me vi nem me fiz músico. Fiquei achando que seria jogador de futebol. Até era razoável mesmo, chegando ao infanto juvenil do Sergipe e com boas passagens nos jogos da Primavera, pelo Atheneu.
Mas a alma tava na música, nas artes plásticas e poesia. Atrofiei meus sonhos. Que pena!!!!

Hoje culto-os em passagens de visitações, exposições e noites como estas, vividas intensamente. A sensação maior é a de que a música, enquanto “cantos e acalantos”, é pra mim mais que uma terapia. Seria um remédio, um captropil, um gardenal pra disfarçar minha loucura pela vida, meus amores, desamores, sabores e dissabores. Quem não os tem? E nunca os teve?

‘Musique-se’, e verás porque escrevo. É sentar sozinho e não se sentir só. É pensar, viver, reviver, seguir adiante. Música é vida!!!.

“Nenhuma força virá me fazer calar. Faço no tempo soar minha sílaba.Canto somente o que pede pra se cantar.Sou o que soa eu não douro pílula.Tudo o que eu quero é um acorde perfeito maior.Com todo o mundo podendo brilhar, num cântico.Canto somente o que não pode mais se calar.

Noutras palavras, sou muito romântico.” (Caetano Veloso).

Nosso Twitter @portalfanf1

Nosso Instagram @portalfanf1