Cidade

  • Início •
  • Blog

De comunicador a empreendedor: Ivaldo José relembra sua trajetória

Da redação

10/08/2023


Do campo da Comunicação à passagem pela política e o aprendizado da arte de empreender, o jornalista e ex-vereador Ivaldo José traçou um panorama sobre sua trajetória em entrevista ao Jornal da Fan, da rádio Fan FM, nesta quinta-feira, 10. 

Natural do município de Nossa Senhora das Dores, Ivaldo, hoje aos 60 anos, conta que foi levado ainda criança para viver no interior de São Paulo, onde teve contato com a vida na roça, e posteriormente, ingressou na Comunicação, ecoando pelas ondas de rádio. 

“Em Sergipe, tenho 40 anos de Jornalismo, passando, inicialmente, pelo rádio, e depois chegando à televisão. Comecei a fazer rádio em São Paulo, naqueles programas infantis, programas de auditório. Eu era o locutor infantil que fazia propaganda das lojas de brinquedos e calçados”, contou. 

Após uma temporada no Sudeste, Ivaldo retornou a Sergipe, onde atuou como repórter e diretor de programação e Jornalismo em emissoras de rádio. Posteriormente, ele ingressou  na televisão, onde seu trabalho ganhou mais reconhecimento. 

“Eu entrei para a produção de esporte, aí eu criei o prêmio Craque 90, 91, 92 e 93 para motivar o futebol sergipano. Era o Craque Brilhante, e isso me deu um boom muito grande na minha vida profissional dentro da TV”, completou Ivaldo. 

No ínterim entre comunicador e empreendedor, Ivaldo também passou pela política. Na chegada aos 30 anos de carreira na Comunicação, ele se filiou ao PDT e foi candidato a vereador da capital. 

“Fui candidato e, na época, eu consegui, na minha primeira eleição, ser suplente. Mesmo tendo uma votação espetacular de 2600 votos, mais votos do que uns quatro ou cinco vereadores, a legenda sempre existiu, e eu preferi não assumir e ir para a próxima eleição. Em 2008, ainda no PDT, eu pulei de 2600 votos para quase 4000 votos, então acho que fiz a escolha certa”, explicou. 

Após dois mandatos como parlamentar, Ivaldo se desvinculou do meio político para perseguir uma paixão de infância: a vida na roça. Em um terreno oriundo da família da esposa, conta, construiu um espaço aconchegante, e tão logo, foi questionado pela companheira sobre a possibilidade de transformá-lo em um restaurante. 

“Comprei seis tarefas, e disse: ‘aqui vou construir um ninho para a terceira idade’, aos 45 anos, ou seja, há 15 anos atrás. Fui construindo uma casinha, plantando muitas árvores, porque era uma área seca. Fui plantando frutíferas, fui fazendo uma coisinha gostosa, pois era um quadradinho pequeno. De quatro anos para cá, ficou muito gostoso, no final de semana ia para lá me divertir, levava alguns amigos, e ela (esposa) teve a ideia porque a família cozinha muito bem. Ela, as irmãs, a mãe, têm uma tradição culinária muito boa, então teve a ideia do restaurante”, contou. 

A ideia, que foi consolidada, se materializa em um restaurante rural no Povoado Alagadiço, em Frei Paulo, onde Ivaldo e a família apreciam a arte de empreender. 

“Nós temos uma convivência muito grande com a natureza, com pequenos animais, porque as crianças gostam, tem um lado lúdico, tem piscina, cantinho pais e filhos, chalés rústicos, hortas, somos autossuficientes na produção de hortaliças”, finalizou.

Nosso Twitter @portalfanf1

Nosso Instagram @portalfanf1