Cidade

  • Início •
  • Blog

Acusados de extorsão sob ameaça de divulgação de vídeos íntimos são presos; prejuízo é estimado R$ 100 mil

Da redação

18/07/2023


Três homens e uma mulher foram presos acusados de envolvimento em crimes de extorsão sob ameaça de divulgação de vídeos íntimos e intimidação a familiares das vítimas. De acordo com as informações policiais, o prejuízo causado é estimado em cerca de R$ 100 mil.

As prisões foram deflagradas dentro da Operação Hedonê, da Delegacia Especial de Crimes Homofóbicos, Raciais e de Intolerância (Deachri), vinculada ao Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV).

Sete vítimas foram identificadas até o momento, e segundo a polícia, os alvos dos crimes eram pessoas gays e bissexuais. Uma das pessoas lesadas pelos investigados chegou a perder R$ 60 mil, e outra foi ameaçada com uma faca para realizar uma transferência financeira.

De acordo com a delegada Meire Mansuet, a investigação foi iniciada no mês de fevereiro a partir do registro do boletim de ocorrência feito por uma vítima.

“Denunciava que, após ter se relacionado afetivamente e sexualmente com uma pessoa, que é um dos investigados, teria gravado o vídeo do relacionamento sexual e passado a ameaçar a vítima de divulgação do conteúdo em redes sociais e à família”, detalhou.

Os encontros eram marcados por plataformas de relacionamento e sites de prestação de serviços sexuais. Cinco pessoas apontadas como integrantes do grupo criminoso foram identificadas, mas uma delas está foragida.

“Os presos moram em Aracaju, mas dois não são sergipanos. Um é baiano e outro é paulista. Os aparelhos telefônicos dos envolvidos foram encaminhados à perícia, no sentido de subsidiar o inquérito policial”, completou Meire Mansuet.

Nosso Twitter @portalfanf1

Nosso Instagram @portalfanf1