Cidade

  • Início •
  • Blog

Reviravolta: investigações apontam envolvimento de três pessoas na ocultação do corpo de Nayara

Da redação

15/07/2023


A Polícia Civil divulgou, na tarde desta sexta-feira, 14, informações que apontam uma reviravolta no caso do assassinato da jovem Nayara Barbosa dos Santos, de 24 anos, cometido em Estância pelo namorado, Vildeson Soares dos Santos, no mês de junho.

Segundo o delegado Cledson Ferreira, depois de confessarem, outras três pessoas foram indiciadas por envolvimento no crime. Após a conclusão do inquérito, a investigação apontou indícios de que Vildeson contou com ajuda para ocultar o corpo da vítima. Partes do corpo de Nayara foram encontradas no Cemitério do Povoado Terra Caída, em Indiaroba, cidade situada a 39 km de Estância, onde o casal residia.

“Mesmo o inquérito sendo concluído, foram continuadas as investigações, chegado a mais três elementos envolvidos nesta segunda parte do crime. Ao serem escutados, ficou claro que Vildeson faltou com a verdade em seu interrogatório, pois ele havia afirmado que a vítima teria sido morta através de uma gravata, porém, as investigações apontaram que, na verdade, ele fez uso de uma corda para ceifar a vida da vítima”, detalhou o delegado, informando que os três homens confessaram a participação e contaram detalhes de tudo o que fizeram.

Os peritos concluíram que a morte da vítima foi provocada por uma insuficiência respiratória aguda, através asfixia mecânica por sufocação direta. Também ficou determinado que Nayara já não estava mais viva quando teve o corpo incendiado.

O namorado de Nayara, Vildeson, que confessou ter matado Nayara, contou com a ajuda de mais três pessoas para ocultar o corpo da vítima.

Repetição de padrões

Em função do crime cometido contra Nayara, a Polícia Civil disse que, durante as investigações, muitas pessoas passaram a questionar a morte da ex-companheira de Vildeson, apontando a possibilidade dele também ter assassinado a mulher, o que fez com que a polícia decidisse reabrir o inquérito. A morte ocorreu em dezembro de 2021, quando o Instituto Médico Legal concluiu que havia indídios de suicídio. No entanto, com as investigações da morte de Nayara, foi observada pela polícia a possibilidade de repetição de alguns padrões existentes no crime de Nayara, na morte da ex-mulher de Vildeson. “É possível que suicídio da esposa dele tenha sido forjado”, disse o delegado.

Caso Nayara

Nayara Barbosa dos Santos desapareceu no dia 30 de maio em Estância. No dia 2 de junho, partes do corpo dela foram encontradas no Cemitério do Povoado Terra Caída, no município vizinho de Indiaroba. O investigado confessou o crime e indicou a localização do corpo.

Vildeson disse à polícia que cometeu o crime após uma discussão de término do relacionamento, que tinha nove meses. Segundo a família, a relação era tranquila, mas Nayara falava que Vilson tinha ciúmes do ex-namorado dela, com quem se relacionou por cinco anos.

Fonte: Ascom/SSP
Fotos: Reprodução da internet

Nosso Twitter @portalfanf1

Nosso Instagram @portalfanf1