Cidade

  • Início •
  • Blog

“Estado de alerta no litoral e no Agreste”, aponta meteorologista

Da redação

23/05/2023


Na manhã desta terça-feira, 23, o Jornal da Fan contou com a participação da meteorologista, Wanda Tathyana de Castro Silva, que falou sobre as chuvas que veem caindo em Sergipe desde a semana passada e projetou a previsão do tempo para os próximos dias na Região Nordeste, com foco maior no território sergipano e no trecho Sergipe/Bahia.

“Temos previsão de chuvas volumosas até domingo que vem, especialmente no litoral e no agreste sergipano, por conta de um cavado que está no leste do Nordeste e se formou por causa de um ciclone tropical, que está próximo ao Nordeste por conta das altas temperaturas do oceano Atlântico, então ele se deslocou para mais próximo do Nordeste e está alinhado com o litoral do Nordeste brasileiro, fazendo com que o prolongamento dessa baixa pressão formasse essa cavado, que gera instabilidades, em especial em áreas de litoral, afetando principalmente s estados de Sergipe e Bahia”, informou a especialista.

A meteorologista ainda informou que o volume acumulado total de chuva pode ultrapassar os 100 milímetros nessas regiões litorâneas e mais próximas do litoral. Ela também ressaltou que vai chover bastante no sertão sergipano, mas que o volume esperado para essas regiões é significativamente menor que volume previsto para as áreas litorâneas.

“À medida que essas instabilidades, que veem do oceano, se deslocam para o interior do estado, elas vão perdendo força e a intensidade diminui, por isso acaba chega menos chuva no Sertão”, explicou.

Wanda também disse que fez um balanço das chuvas de ontem, segunda-feira, 22, medição que marcou um volume de 30 milímetros de chuva, o que para o agricultor é algo muito positivo.

“É um volume de chuva muito bom. Quero, inclusive, deixar aqui um alerta para que os produtores rurais do Sertão e do Agreste sergipano aproveitem esse período de abundância e utilizem de algum dos diversos métodos existentes para fazer o acúmulo dessa água”, pontuou a meteorologista, que ainda destacou que as chuvas podem vir acompanhadas de rajadas de vento, variando entre fracas e moderadas.

Wanda ainda destacou que a tendência é que, até domingo, o acumulado ultrapasse os 100 milímetros, em especial nas regiões do Agreste e de litoral. “Estamos em estado de alerta no litoral e no Agreste, por que este ciclone está muito intenso, está em todos os níveis da atmosfera, com uma alta pressão de um lado e uma outra alta pressão subtropical do outro, direcionado à região Nordeste e a atingindo com muita intensidade, trazendo muita umidade e temperaturas mais amenas, chegando a 20° a mínima. Teremos uma semana de céu coberto e temperaturas reduzidas”, disse.

Nosso Twitter @portalfanf1

Nosso Instagram @portalfanf1