O secretário judiciário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Marcos Vinícius Linhares, em entrevista ao Jornal da Fan nesta sexta-feira, 28, informou que os votos do candidato a deputado federal pelo PTC, Manoel Messias Sukita, podem não ser validados. A defesa de Sukita ingressou com recurso no TSE, pedindo a anulação da decisão que o condenou a 13 anos de prisão por corrupção eleitoral. De acordo com Linhares, se até o dia da eleição, não houver uma decisão favorável ao candidato, os votos dele não serão validados.

Ainda segundo linhares, até o momento Sukita aparecerá nas urnas, caso seja votado, mas os votos não terão validade.

A filha do candidato, Isadora Sukita, comanda a campanha do pai, desde que ele foi preso no dia 14 de setembro e informou ao Fan F1, que acredita em uma vitória no TSE e nas urnas.

O TRE informou  que caso os votos de Sukita não sejam validados, a coligação não poderá ser favorecida pelos votos que sejam dados ao candidato.