O secretário de Segurança Pública, João Eloy, e o delegado da Polícia Civil, Paulo Márcio, foram chamados a prestar esclarecimentos na Assembleia Legislativa acerca das denúncias formuladas sobre o uso indevido de recursos públicos. A convocação foi aprovada nesta quinta-feira, 6, após votação de requerimentos de autoria do deputado estadual Georgeo Passos (Rede). O parlamentar foi entrevistado na manhã desta sexta-feira, 7, pelo radialista Narcizo Machado, durante o Jornal da Fan e comentou sobre a proposta dos requerimentos.

Segundo ele, a intenção é averiguar se  Secretaria de Segurança Pública está utilizando corretamente o dinheiro público. “Mais de R$ 2 milhões que foram gastos para o pagamento de retribuição financeira transitória pelo exercício eventual de atividade de plantão. Esses valores foram pagos para alguns delegados de polícia”, informou.

Os esclarecimentos serão prestados na Comissão de Segurança Pública da Alese em data ainda a ser marcada.

“A denúncia veiculada na imprensa foi algo que nos chamou a atenção em um primeiro momento, por isso decidimos nos inteirar sobre o caso. Como um dos papeis desta Casa é o de fiscalização, esperamos que o secretário João Eloy e o delegado Paulo Márcio possam vir até aqui e esclarecer para a sociedade como um todo o que de fato aconteceu”, pontuou o parlamentar.