A mãe do bebê encontrado em uma lata de lixo do Hospital Regional Dr. Jessé Fontes, município de Estância (SE), foi identificada. De acordo com a polícia trata-se de uma menor de idade que só confessou que deixou o beber no lixo, depois que foi realizado o exame beta HCG e foi constatada a gravidez recente.

A delegada responsável pelo caso, Gisele Martins Pimentel, da Delegacia Especial de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DEAGV) de Estância (SE), informou que a adolescente vai ser encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML) em Aracaju (SE), para realizar outros exames e vai responder pelo crime em liberdade, por não ter sido apreendida em flagrante.

O bebê está sob a tutela da Justiça em um abrigo da cidade, até que os familiares dele sejam localizados.

Entenda o caso

A adolescente teria entrado em trabalho de parto dentro do banheiro da recepção do Hospital Regional de Estância (SE), dado a luz a um bebê e o abandonado no vaso de lixo do banheiro. O bebê foi encontrado por  funcionários do hospital coberto com papel-toalha, após ouvirem o choro da criança, que ainda estava com a placenta e o cordão umbilical. O caso foi registrado no domingo, 2.

O bebê batizado pelos funcionários de Samuel, foi examinado e encaminhado à Maternidade Amparo e já recebeu alta.