O Fan F1 apurou que a Polícia Federal está dando continuidade às investigações que apuram desvio de recursos públicos no transporte escolar. A PF  já teria inclusive ouvido no dia 28 de agosto, o ex-governador de Sergipe, Jackson Barreto. JB foi chamado para esclarecer declarações dadas à imprensa.

Em uma entrevista para rádio Juventude FM, em Lagarto, Jackson deixou transparecer que tinha informações sobre a conduta de prefeitos sergipanos na gestão de recursos do transporte escolar. “Há uma imoralidade tão grande por parte de alguns prefeitos. Se amanhã me apertar, eu vou dizer o que esses prefeitos fazem com o dinheiro do transporte escolar”, disse JB.

Segundo informações obtidas pelo Fan F1, JB, que é candidato ao Senado pelo MDB, não revelou nenhuma informação importante e que contribuísse com as investigações e justificou que teria sido mal interpretado.

Oitivas – Fan F1 também apurou de que foi ouvido Moacir Joaquim de Santana Júnior, que foi coordenador administrativo e financeiro da Secretaria de Estado da Educação (SEED). A expectativa é  que nos próximos dias se iniciem as oitivas dos empresários que estão sendo investigados.

Lembre como aconteceu a operação:

Operação marcha à ré: contratos de R$ 285 milhões são investigados pela PF e CGU em Sergipe