Em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira, 25, o Delegado Eurico César Nascimento, responsável pela delegacia de Ribeirópolis (SE), deu detalhes da operação deflagrada nas primeiras horas desta terça-feira, 25.

Foto: SSP

As investigações, que culminaram para a operação, foram iniciadas há cerca de seis meses, quando a polícia decidiu investigar o crescente número de homicídios no município. À época, os policiais chegaram até o Tiago Santos da Costa, que teria praticado um homicídio assim que saiu do sistema prisional da região, onde cumpria pena por diversos crimes, entre eles,  roubo e tráfico de drogas.

Foto: SSP-SE

Tiago, juntamente com o sobrinho, o Renyson Costa Farias, teria assassinado um vigilante de um estádio de futebol. Os suspeitos acreditavam que a vítima, conhecida como Gago, passava informações para polícia civil a respeito de crimes cometidos pelos supostos assassinos.

De acordo com o Delegado, esse não seria o único homicídio cometido pela dupla. Tio e sobrinho, que morreram em confronto com a polícia, teriam se juntado a associação criminosa para praticar queima de arquivo na região.

Foto: SSP

Na operação, foram cumpridos mandados de prisão preventiva contra Thiago Cardoso Santos, Janiclésio Silva Mendonça e José dos Santos. Para

polícia os três são integrantes de associação ligada a Tiago.

Além deles, Crislaine Santos, namorada de José dos Santos, foi presa em flagrante por porte de entorpecentes. O material foi encontrado pela polícia na residência da jovem.

 A ação policial contou com policiais das Delegacias de Ribeirópolis (SE), Carira (SE), Itabaiana (SE), Grupo Especial de Repressão e Buscas (Gerb) e o Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope). Entre os materiais apreendidos, drogas, uma balança de precisão, arma de fogo e dinheiro em espécie.