A Secretaria da Segurança Pública (SSP) apresentou nesta sexta-feira (21), detalhes sobre a Operação Enedra – que em grego significa emboscada -, deflagrada nas primeiras horas dessa quinta-feira (20). As investigações duraram quatro meses e foram realizadas pelas equipes de investigação da Delegacia de Simão Dias e teve como objetivo cumprir 11 mandados de prisão e 12 mandados de busca e apreensão.

Segundo o delegado Cléver Farias, o trabalho teve como objetivo desarticular uma associação criminosa envolvida com homicídios e tráfico de drogas na região. Uma das vítimas da quadrilha foi o jovem Thyago Lage Barroso, 19 anos, vítima de uma emboscada em maio de 2018. Todos os envolvidos foram presos e aparelhos celulares foram apreendidos. As investigações prosseguem para localizar a arma utilizada no crime.

“Essa associação criminosa foi toda desarticulada, pois os envolvidos foram identificados e presos. Os líderes da organização são os irmãos Leandro e Leonardo, que passavam as drogas para serem distribuídas pelos demais. Há testemunhas que afirmam que eles estavam em um veículo no dia da morte da vítima próximo ao local do crime, possivelmente os dois irmãos deram fuga a Joandersson que efetuou os disparos contra a vítima”, destacou o delegado.

O delegado complementou detalhando o trabalho realizado pela equipe até a deflagração da Operação Enedra. “Nós trabalhamos incessantemente colhendo depoimentos de testemunhas, conversando com a família da vítima, analisando denúncias anônimas e imagens que mostravam o veículo utilizado pelos criminosos. A partir daí fizemos o nosso relatório das investigações indicando os suspeitos e encaminhando para a Justiça, que concedeu as prisões”, explicou.

Como resultado da ação, foram presos Leandro Custódio R. Matos, 28 anos; Leonardo Custódio R. Matos, 28 anos; Joaldo das Virgens de Santana, 21 anos;  Joandersson das Virgens de Santana, 19 anos;  José Alves de Andrade Júnior, 33 anos; Franciele Santos Santana, 20 anos; José Anderson Santos da Silva, 34 anos; Rafael Soares, 26 anos; José Vinícius Menezes Conceição, 19 anos; Tellon Eduardo Tavares Fontes, 20 anos; e Hytalo Vinícius S Santana Rosa, 23 anos.

A ação foi coordenada pelos investigadores da Delegacia de Simão Dias e teve o apoio operacional de equipes da Coordenadoria da Polícia Civil no Interior (Copci), Grupo Especial de Repressão e Buscas (Gerb), das Delegacias Regionais de Lagarto, Itabaiana e Estância e ainda das unidades da Polícia Civil em Itabaianinha e Boquim.

Fonte: SSP