O Hospital São José se pronunciou através de nota sobre o caso da idosa que seria operada no útero e no umbigo, mas acabou sendo operada da tireoide. A nota informa que o hospital abriu sindicância interna para apuração e suspendeu temporariamente todos os procedimentos das profissionais envolvidas. Informa ainda que a diretoria do hospital não fará qualquer julgamento aos envolvidos sobre conduta e atuação e que, a documentação para avaliação do que aconteceu será enviada para os órgãos competentes para aplicação de medidas cabíveis.

Entenda o caso 

A cozinheira Marilene Rodrigues dos Santos, 63, deu entrada na terça-feira, 4, no Hospital São José, no bairro Santo Antônio, em Aracaju (SE), para fazer uma cirurgia de retirada de hérnia e de pólipos no útero, mas, ao deixar o centro cirúrgico, após o procedimento, soube que havia sido extraída a tireóide e que nada foi feito nos órgãos doentes.

Segundo a família, o procedimento na tireoide seria feito em uma paciente chamada Marlene e os nomes parecidos teriam motivado a troca.

A família prestou Boletim de Ocorrência, após a cirurgia e vai processar judicialmente o hospital e a equipe médica pelos erros cometidos.