O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Aracaju), disponibilizou nesta quinta-feira, 20, a nova pesquisa comparativa de preços do gás de cozinha. O levantamento realizado de dois em dois meses, teve uma nova edição desenvolvida na última quarta-feira, 19, e contemplou 21 estabelecimentos comerciais.

A atividade integra o planejamento do órgão para auxiliar os consumidores e monitorar o mercado.  Foram visitados mais 20 estabelecimentos, todos localizados na capital. Fornecedores foram questionados sobre os preços praticados para pagamento à vista, e os praticados por venda através do cartão de crédito, já que desde 2017 existe uma Lei Federal que autoriza a distinção de preço a partir da forma de pagamento.

O diretor do Procon de Aracaju, Igor Lopes, chama atenção para o fato de que estabelecimentos de uma mesma rede de distribuição podem praticar preços distintos. “Não há obrigatoriedade de vinculação”, esclareceu.

É necessário levar em consideração que as variações e os preços que constam na tabela comparativa registram os valores encontrados no dia em que foram realizados os levantamentos. Portanto, os dados coletados estão sujeitos à alteração, conforme a data da compra, inclusive, por ocasião de descontos especiais, ofertas, promoções e forma de pagamento.

A tabela comparativa contém o nome dos estabelecimentos visitados, endereços e o preço praticado para venda à vista e nos cartões.