Cerca de 200 famílias de quatro ocupações ocuparam nesta sexta-feira, 09, a sede da Secretaria de Estado da Inclusão e Desenvolvimento Social (Seidhs), na rua Santa Luzia, bairro São José, em Aracaju (SE), para cobrar do Governo do Estado auxílio-moradia e projeto de habitação.

Na segunda-feira, 5, representantes do Movimento Luta por Moradia (MLM), que está a frente das ocupações, estiveram reunidos com o secretário chefe da Casa Civil, José Carlos Felizola. Na terça, 06, eles se reuniram com a secretária de Estado da Inclusão, Mitzy Matos.

A ocupação visa pressionar o governo a fixar data do aluguel social. Foto: MLM

Pressão – Mas, segundo um dos líderes do MLM, Jackson Miller Batista dos Santos, não houve avanço e então eles decidiram ocupar a sede da secretaria para pressionar o governo.

As quatro ocupações ficam no bairro Santa Maria, Zona de Expansão de Aracaju – Terra Prometida, 17 de Dezembro, Nasce a Esperança e Mangabeira. No total, somam mais de 4 mil famílias, mas, segundo Jackson dos Santos, são cerca de 1,1 mil cobram o auxílio-moradia e o projeto de habitação, pois tiveram que deixar a área onde estavam e seguiram para casas alugadas e pagas pelo Governo do Estado. Ele disse que o repasse do aluguel costuma atrasar.

Foram recebidos – No decorrer da manhã, um grupo do MLM foi recebido pela secretária adjunta da Inclusão e Assistência Social, Rosely Bispo, e equipe gestora. Durante a reunião, a Seidh informou que o depósito é realizado após a conclusão da folha de pagamento dos servidores e reforçou que o Movimento já estava ciente. A Secretaria da Fazenda (Sefaz) fará o depósito nesta sexta-feira (pagamento já previsionado). Atendendo às reivindicações, o pagamento do Aluguel Social será pago todo dia 30.

Reunião entre gestores e MLM ocorreu hoje de manhã. Foto: Seidhs

A gestão explicou, também, que podem existir casos isolados de atrasos porque alguns beneficiários ainda não apresentaram a documentação necessária para o processo de cadastro e pagamento. A Seidh esclareceu que a Lei Estadual do Aluguel Social está encerrando o exercício de 2018 e o Governo do Estado já realiza os trâmites para a renovação.

Uma nova reunião entre os manifestantes e gestores da Casa Civil, Seinfra (responsável pela Política Estadual de Habitação Social) e Sefaz ficou acordada para acontecer nesta sexta-feira, às 15 horas, no Palácio dos Despachos.