Policiais civis do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) e da Delegacia de Defraudações e Crimes Cibernéticos realizaram a apreensão de 16 cédulas de identidade fraudulentas nessa quinta-feira, 27, que estavam com Danilo Silva Damaceno, ex-presidiário, natural de Caratinga (MG).

Danilo Silva Damaceno foi localizado e preso em um albergue situado na Avenida Maranhão, Zona Norte de Aracaju/SE. Todo o material ilícito foi apreendido e as investigações seguem com objetivo de identificar a origem dos documentos. Após ser preso, ele confessou à polícia que utilizaria as cédulas de identidade falsas para obter benefícios junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), por ser portador de enfermidade em um dos membros superiores.

Com isso, Danilo planejava obter 16 benefícios mediante uso da documentação falsa. A ação contou também com uma denúncia realizada através do disque denúncia-181. O material apreendido passará por perícia. De acordo com a polícia, o INSS será contactado a fim de suspender eventual benefício que tenha sido deferido.