O procedimento de inserção de dados das urnas eletrônicas, que é feito com a utilização de mídias magnéticas, foi iniciado nesta quinta-feira, 20, no Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE/SE). Após a execução de todos os procedimentos de conferência de regularidade de dados, cada urna eletrônica é lacrada e armazenada no Depósito de Urnas para serem transportadas para as Zonas Eleitorais.

“Após a inserção dos dados nas urnas eletrônicas, é realizada a transferência dos equipamentos ao ambiente de checagem e lacração, embalagem e finalmente o armazenamento. É realizada a auditoria em pelo menos uma urna por zona eleitoral. Ou seja, força-se a votação e, ao final, o relatório com o resultado da votação realizada é expedido. O objetivo da auditoria é mostrar que o sistema eletrônico de votação funciona corretamente”, explica o Secretário de Tecnologia e da Informação do TER, José Carvalho Peixoto.

Foto: Ascom TRE

São 6.791 mil urnas que devem ser preparadas e lacradas até o dia 28 de setembro, quando será finalizada a distribuição das máquinas para os 75 municípios sergipanos. A distribuição acontecerá por etapa, a medida em que as máquinas ficam prontas. As primeiras cidades de Sergipe que receberão os equipamentos são Carira, Pedra Mole e Pinhão. Os últimos, serão Barra dos Coqueiros e Aracaju.

O 1º turno das eleições ocorrerá no dia 07 de outubro. As votações acontecerão a partir das 8h e serão finalizadas às 17h. Em Sergipe, mais de um milhão de eleitores devem participar do processo eleitoral, isso representa 70% da população sergipipana.