Dos 75 municípios sergipanos, oito não conseguiram atingir a meta de 95% de vacinação contra o sarampo e poliomielite, entre esses a capital, segundo balanço divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Os municípios que ainda restam crianças a vacinar são: Aracaju, Laranjeiras, Capela, Nossa senhora das Dores, Gararu, Propriá, Cedro de São João e Tomar do Geru.

No balanço geral, o estado de Sergipe atingiu a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde (MS) para a vacinação contra a poliomielite e o sarampo. Com o novo dia D realizado neste sábado, 1°, o Estado alcançou 96,49% do público alvo, o equivalente na 128 mil doses aplicadas.

Mércia Feitosa disse que o esforço continua. Foto: arquivo Fan F1

Para a diretora de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Mércia Feitosa, foi um mês intenso e de muitas ações em todos os municípios. “Tivemos todos os profissionais mobilizados, a mídia também, para que nós chegássemos a um desfecho favorável. Oito municípios ainda não alcançaram a meta, mas nós estamos orientando para que continuem vacinando para chegar a meta de 95%”, disse. Segundo Mércia, a proposta é que no dia a dia as metas continuem sendo alcançadas.

Rosário vacinou 100% – Rosário do Catete conseguiu vacinar 100% da população infantil contra a Poliomielite e o Sarampo, na faixa etária de um a quatro anos, 11 meses e 29 dias de idade, recomendada pelo Ministério da Saúde(MS). A meta estabelecida para o município era imunizar 691 crianças, o equivalente a 95% do total de 728. Até a sexta-feira, 31 de agosto, o último dia da mobilização, todos foram vacinados.

Para imunizar toda a quantidade de crianças estabelecida pelo MS, além da vacinação de rotina nas unidades básicas, a Secretaria Municipal da Saúde realizou ações na Creche Flor da Inocência e no Pré-Escolar Amélia Correia. Em Rosário, a campanha foi iniciada no dia 9 de agosto com a aplicação de 70 doses no Povoado Siririzinho.

A Secretária da Saúde, Marilene Dória, atribuiu o sucesso da campanha ao empenho de todos que fazem a Administração e a participação da população que atendeu ao chamamento e levou os filhos para serem imunizados. “Estamos muito felizes em poder dizer que nossas crianças estão vacinadas contra essas duas terríveis doenças que tinham sido erradicadas, mas que infelizmente estão voltando”.

Novo Dia ‘D’ – A Campanha Nacional contra a paralisia infantil e o sarampo teve início no dia 6 de agosto e encerraria ontem, 31. O primeiro dia D foi realizado em 18 de agosto. Com a baixa cobertura registrada em todo o país, o MS decidiu realizar um novo dia D. Além de Sergipe, também alcançaram a meta o Espírito Santo, Santa Catarina, Pernambuco, Rondônia e Amapá.

Com informações SES e Ascom Rosário