O taxista Carlos Alberto Santos Júnior, de 33 anos, foi morto com um tiro na cabeça em uma estrada de terra no Loteamento Maria do Carmo, Povoado Olhos D’água no município de Barra dos Coqueiros, na tarde desta terça-feira, 19. O enteado dele, um menino de 12 anos, foi atingido por um tiro na altura do pescoço. O garoto caminhou por cerca de 300 metros até chegar às margens da rodovia estadual SE-100, que liga a Barra a Pirambu (SE), e foi socorrido por um motorista que passava pela via. Ele foi  levado ao hospital da Barra, mas foi logo transferido para o Hospital de Urgências de Sergipe (Huse), em Aracaju (SE).

O autor dos disparos fugiu levando o carro do taxista, um Prisma de cor branca.  Segundo o sub-comandante da 2° Companhia Independente Militar, tenente Jules Rimet,  não há nenhum indício do que possa ter motivado o crime.

O taxista assassinado, era morador de um condomínio próximo ao local onde o crime aconteceu. Familiares da vítima informaram que o taxista saiu de casa para levar o enteado ao barbeiro. Ele deixou três filhos, um deles, nasceu no último final de semana.

O Instituto Médico Legal foi acionado para remover o corpo.