O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin determinou que o prefeito o vice-prefeito do município de Areia Branca (SE) retornem ao cargo. A decisão foi tomada na última sexta-feira, 14, mas só foi divulgada na tarde dessa segunda-feira, 17.

No documento o ministro diz que há dúvidas sobre provas cabais a respeito da configuração do ato ilícito pelo qual os gestores são acusados e que diante disto, determina que os dois sejam reconduzidos ao cargo até o julgamento do recursos especial.

O prefeito divulgou uma nota por meio de sua assessoria de comunicação informando que recebeu a decisão com alegria.

Entenda o caso

O prefeito Alan Andrelino Nunes Santos (PSC) e o vice-prefeito, José Francisco das Chagas Filho (PMB) foram afastados dos cargos oficialmente por determinação judicial do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE), no dia 31 de agosto deste ano. Os gestores eleitos em 2016 foram acusados por compra de votos.

O vereador Reginaldo Santos, presidente da Câmara Municipal de Vereadores estava no cargo de prefeito do município.