O senador da República, Álvaro Dias concedeu entrevista manhã desta sexta-feira, 04, ao radialista George Magalhães, durante o Jornal da Fan e criticou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) divulgada nessa quinta-feira, 04, que decidiu por unanimidade restringir foro privilegiado de deputados e senadores. Segundo ele, a decisão de ontem só restringiu o foro a parlamentares que cometam crimes no exercício do mandato, justamente no período em que a maioria comente.

Atualmente, qualquer ação penal contra esses parlamentares, mesmo as anteriores ou as não relacionadas ao mandato, são transferidas das instâncias judiciais em que tramitam para o STF.

De acordo com o STF, com a decisão de ontem, parte dos cerca de 540 inquéritos e ações penais em tramitação deixarão o Supremo.

O senador Álvaro Dias, é autor da  Proposta de Emenda Constitucional (PEC), que acaba com o foro privilegiado para autoridades como parlamentares, ministros e governadores em caso de crimes comuns e também criticou a demora para que a Câmara Federal analise a proposta, que já foi aprovada pelo Senado.

O senador disse que continuará lutando para que todos sejam reconhecidos igualitariamente perante a lei.

Foto: El País