Ex-líder de Temer no Congresso Nacional, o ex-deputado federal André Moura (PSC) foi entrevistado pelo radialista Narcizo Machado, durante o Jornal da Fan, na manhã desta sexta-feira, 22. André declarou: ‘se tiver culpa no cartório, tem que ser penalizado”. A declaração foi feita, depois que o radialista pediu que o ex-parlamentar avaliasse a prisão do ex-presidente Michel Temer, de quem André era aliado político.

O ex-parlamentar ainda completou dizendo que não é porque ele foi seu líder, que irá defender um tratamento diferenciado e disse que espera o esclarecimento dos fatos. “Espero também que ele tenha o direito a ampla defesa, assim como todo e qualquer cidadão. Tomara que esta não seja mais uma medida do Poder Judiciário contra a classe política”, finalizou.

Prisão

O juiz Marcelo Bretas, da Lava Jato do Rio, ordenou a prisão de Michel Temer e mais 9 pessoas nessa quinta-feira, 21.  Temer foi preso em São Paulo e  levado ao Rio  de Janeiro de avião, onde passou a primeira noite na cadeia.

A investigação está relacionada às obras da usina nuclear de Angra 3. O MPF diz que grupo de Temer recebeu R$ 1,8 bilhão em propinas. O ex-presidente afirmou que sua prisão “é uma barbaridade” e defesa entra com pedido de habeas corpus nesta sexta-feira, 22.

Foto: Pedro Ladeira