Após os altos índices dos dois últimos ciclos, a Prefeitura de Rosário do Catete (SE) reduziu a infestação do mosquito Aedes Aegypti na sede da cidade. No recente Levantamento do Índice Rápido para o Aedes Aegypti(LIRAa), realizado de 3 a 6 de setembro pela Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde(SMS), o indicador caiu de 5,1 para 1% em relação ao mês de julho. Ou seja, Rosário saiu da faixa de alto risco, para a de alerta.

De acordo com a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Fabiana Carla Resende, a queda na infestação do mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e o Zika vírus, aconteceu após as ações realizadas pela atual gestão.

“Inicialmente, fomos à feira orientar consumidores e feirantes, distribuindo panfletos e conversando com eles sobre a importância de evitar o acúmulo de água em recipientes abertos, por menores que sejam a exemplo de corpos descartáveis. No dia 31 de agosto, promovemos a Caminhada Juntos no Combate à Dengue para sensibilizar e convidar a população a entrar na luta. E por último, solicitamos a Secretaria da Saúde do Estado o carro fumacê que pulverizou as nossas ruas entre o final de agosto e o começo de setembro”, informou a coordenadora.

Mesmo com a infestação do mosquito reduzida, a coordenadora Fabiana ressalta que as equipes de Endemias continuam empenhadas, visitando as residências de Rosário com o objetivo de diminuir o índice para menos de um por cento, percentual considerado satisfatório estabelecido pelo Ministério da Saúde.