Foto: Fan F1

Em entrevista ao radialista George Magalhães na manhã desta quinta-feira, 26, o pré-candidato a senador pelo PT em Sergipe, Rogério Carvalho, fez várias declarações que sugerem uma certa insatisfação com bloco governista, que até então o petista faz parte. Criticou bastante o episódio da “falsa inauguração” do Centro de Nefrologia do HUSE e rebateu declarações do ex-governador Jackson Barreto (MDB).

Rogério disse que o governador do estado, Belivaldo Chagas (PSD) deveria ter demitido Almeida Lima, atual secretário de Estado da Saúde, quando a “falsa inauguração” aconteceu. ” O que aconteceu foi muito grave, é gravíssimo enganar as pessoas, e a responsabilidade é de quem comanda”, alfinetou.

O pré-candidato ao senado, também criticou o fato do secretário de estado da Saúde ter assumido a responsabilidade pela ação polêmica. ” Essa vitimização das pessoas é uma enganação. Belivaldo sabia da dificuldade  que o estado vinha enfrentado, então ele não pode se vitimizar. Jackson, meu amigo, era governador ,ele não pode ser vítima.  Não existe vitimização na política, existem escolhas”, pontuou.

O novo Centro de Nefrologia do HUSE foi inaugurado no dia no 05 de abril, mas um dia depois da inauguração, todo o aparato montado foi retirado para ajustes complementares na infraestrutura do local e ainda a instalação de aparelhos de ar condicionado. A medida causou muita polêmica e revolta do pacientes renais crônicos que seriam atendidos pela unidade, já que acreditavam que após a inauguração já estariam recebendo as sessões de hemodiálise no local.

Rogério x Jackson

Questionado se permaneceria apoiando o bloco governista, Rogério disse que até o momento tudo continua como está. ” Temos a determinação nacional do partido de permanecermos no bloco que estamos”, informou.

Apesar da permanência no bloco, algumas faíscas são constantes e durante a entrevista Rogério aproveitou para rebater uma declaração do ex-governador Jackson Barreto feita em janeiro durante uma entrevista. “Não gostei quando Jackson disse que eu não posso disputar porque eu tenho um processo. As pessoas precisam ser gratas, eu estive com Jackson o tempo todo e ele sabe disso. O povo saberá se ele é ingrato ou não”, destacou.