Na base aliada do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PC do B), o PT não garante apoio ao comunista em 2020. O vice-presidente nacional do PT, Márcio macedo, concedeu entrevista ao radialista Narcizo Machado durante o Jornal da Fan desta terça-feira, 9, e deixou claro que o partido está aberto ao diálogo com outras siglas.

O vereador de Aracaju, Camilo Feitosa (PT), defende na Câmara a gestão de Edvaldo, a Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju) é comandada por Cássio Murilo, indicação do PT, ainda assim, quando questionado se uma ruptura na aliança não seria questionada pelo povo, Márcio disse que o PT tem o direito de discutir a candidatura majoritária com outros partidos e que fará isto com transparência e participação popular. “O povo vai julgar, não podemos fugir disto, nem tratar o assunto como infidelidade. Quando o calendário politico for aberto, o PT tem autonomia de dialogar com partidos aliados o caminho a seguir”, afirmou Macedo.

Questionado se haveria alguma possibilidade de aliança com o PSB, o vice-presidente nacional do PT disse que já participou e reuniões com a executiva nacional do partido e lembrou que no cenário nacional PT e PSB são aliados. “Já participei de conversas sobre política com diversos partidos. Política é a arte do diálogo”, pontou.

Caravana Lula Livre

A Caravana Lula Livre entrará em sua segunda etapa. Coordenador do Projeto, Marcio Macedo, informou que foi adotado um novo modelo para que a campanha tenha continuidade. ‘Faremos pelo menos três finais de semana por mês, de forma alternada em cidades do Brasil. Não será com ônibus na pista seguindo cidade por cidade, porque nesse modelo só o Lula é capaz de fazer, mas não podemos ficar calados diante dessa prisão, injusta arbitrária e política”, finalizou.