O prefeito de Lagarto (SE) Valmir Monteiro e o genro dele, Igor Ribeiro Costa Aragão, se entregaram à polícia no meio da manhã desta sexta-feira, 22 de fevereiro, como havia anunciado com exclusividade o Jornal da Fan.

Os dois se apresentaram às 10h15 no Deotap e prestaram os primeiros depoimentos aos promotores do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco). Valmir disse que é inocente.

Foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de corpo de delito. Valmir Monteiro e o genro foram levados para o Presídio Militar (Presmil).

Os outros dois envolvidos, os sócios da empresa JML Comércio Atacadista de Fumo Ltda, Joel do Nascimento Cruz e Gildo Pinto dos Santos, estão foragidos.

O prefeito Valmir foi preso na investigação do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado – GAECO que deflagrou a “Operação Leak”  sobre desvios de verbas públicas do Matadouro Municipal de Lagarto e à prática do crime de Lavagem de Dinheiro pelo Prefeito de Lagarto, Valmir Monteiro e demais investigados.

Mais informações nos próximos instantes.