Em coletiva de imprensa, o delegado do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Kassio Viana, detalhou a prisão do líder de uma quadrilha que comandava o tráfico de drogas em comunidades da Zona de Expansão e no bairro Santa Maria. Foi na sede na sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP) na manhã desta quarta-feira, 25.

José Santos Oliveira, conhecido como “Piolho”, também é acusado de ser autor do homicídio que vitimou Luiz Carlos dos Santos Silva, o “Zé Periquito”, na casa dele, e na frente da esposa, no povoado Robalo, na madrugada do dia 10 de janeiro. A vítima comandava o tráfico de drogas no Jardim Recreio e Jardim Paraisópolis e em parte do Santa Maria e a motivação do crime teria sido a disputa pelo tráfico nessas localidades.

“Piolho” foi preso ontem. Segundo o delegado Kassio Viana, que coordena a investigação, as informações colhidas pelas equipes dos delegados Hugo Leonardo e Mario Leony foram indispensáveis para a elucidação do crime.

Ele disse que as investigações foram iniciadas no ano passado pelo Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), pela 9° Delegacia Metropolitana e pelo DHPP. “Essa operação resultou na desarticulação de quase 100% das quadrilhas envolvidas”, ressaltou ao acrescentar que, o DHPP, juntamente com a Força Nacional irá dar continuidade e monitoramento das associações criminosas na localidade.