O senador Eduardo Amorim (PSDB) disse que está na disputa ao governo do Estado e teceu duras críticas ao governador Jackson Barreto (PMDB) durante entrevista ao radialista JPereira, no Jornal da Fan 2ª edição. O programa é transmitido de segunda a sexta-feira, sempre ao meio-dia, pela Fan FM de Carmópolis.

“Tenho colocado o meu nome à disposição para ser candidato ao governo do Estado”, enfatizou o senador tucano. Para ele, o governo atual está à deriva e vem impondo humilhações ao servidor público e aos aposentados, com constantes atrasos de salários. “Enquanto o governador está de férias descansando, o servidor público e o aposentado, estão com suas panelas, bolso e geladeiras vazias”, criticou.

O pior da história – Para Eduardo Amorim, os problemas decorrem de má gestão administrativa. O senador elencou os bons resultados que o estado de Alagoas vem apresentando para reforçar a tese dele de que a situação que o Estado atravessa “mostra que a falha é do Governo do Estado”, opinou. Amorim lembrou ainda das conquistas em alguns municípios sergipanos, e citou Itabaiana e Lagarto para demonstrar que é possível vencer a crise, mesmo sem contar com a ajuda do Governo do Estado.

O senador entende que o Estado está atravessando o pior governo da história. “Sergipe se tornou um estado violento, o servidor público, com salário atrasado, o aposentado não tem dinheiro para nada, a educação está com milhares de analfabetos, as estradas esburacadas, o estado envidado e a saúde em coma. Quer desgraça maior?”, falou. Ele acrescentou que o atual governo inchou a máquina administrativa e não reduziu secretarias como prometeu em campanha eleitoral.

Hospital do Câncer – O senador disse que não admite o atraso na entrega da obra do Hospital do câncer. “O dinheiro tá na conta!”, exclamou ao afirmar que o governador Jackson Barreto não tem mais tempo hábil para concluir a obra. Para ele, o Estado não tem mais tempo para entregar o Hospital do Câncer “e não é por falta de recursos”. Na avaliação do senador Amorim, faltam sensibilidade e respeito com o sergipano.

Ele lembrou da unidade do Hospital de Barretos na cidade de Lagarto, inaugurada no dia 19 de junho, e sugeriu ao governo do Estado levar a iniciativa para cada região do Estado. A unidade, montada em um caminhão, está dotada de mamógrafo de última geração e de uma clínica com foco na prevenção ao câncer de mama.