A Operação Nacional “Mata Atlântica em Pé” foi realizada entre os dias 10 e 12 de setembro e identificou 143,89 hectares de Mata Atlântica desmatados em Sergipe. Cinco municípios sergipanos foram fiscalizados: Nossa Senhora do Socorro, Itaporanga d’Ajuda, Indiaroba, Umbaúba e Itabaianinha.

O objetivo da Operação é proteger e recuperar o bioma a partir da identificação das áreas degradadas nos últimos anos e cobrar dos responsáveis pelas agressões a reparação dos danos e aplicar outras medidas compensatórias.

A ação foi uma iniciativa do Ministério Público do Estado do Paraná e aconteceu de forma simultânea em outros estados brasileiros: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Goiás, São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Piauí e Ceará.

Em Sergipe, o trabalho de fiscalização foi uma atuação conjunta do Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente do MPSE, com o Ibama e o Pelotão de Polícia Ambiental.

A Operação encontrou desmates antigos, que já estavam em fase de regeneração ou utilizados para pastagem de animais, bem como desmates provenientes de queimadas, com vegetação em fase de recuperação.

Foram lavrados nove autos de infração, no valor total de R$ R$ 23.000,00, e uma prisão em flagrante. Também foram feitas notificações para que os proprietários das áreas desmatadas compareçam ao Ibama e paguem as multas, do contrário, o processo administrativo será enviado ao Ministério Público.