Em entrevista ao radialista Narcizo Machado, do Jornal da Fan, a vice-governadora de Sergipe, Eliane Aquino (PT), manisfestou sua preocupação com o atual momento político do Brasil. Segundo ela, este período requer preocupação da sociedade. “O momento é de alerta. Precisamos lutar para proteger as futuras gerações. Estamos vivendo um período em que o preconceito está muito em evidência. Portanto é necessário o engajamento feminino nas discussões políticas das suas cidades, resistindo contra a reforma da previdência, contra o preconceito e contra tudo aquilo que nos traga danos”, apontou.

Eliane ainda destacou que no Brasil pelo menos 500 mulheres são violentadas a cada hora.

“É preciso acabar com a cultura machista entre as mulheres”.

 Com esta afirmação, a vice-governadora lembrou que as mulheres em sua grande parte são responsáveis pela educação dos homens, e se há mudança na base, segundo ela, será percebida em toda sociedade. “Este é um trabalho da gestão e que deve envolver a todos, inclusive os homens. Eles precisam ser conscientizados e transformados pela educação.Este é um compromisso do Governo do Estado”, garantiu.