O vereador Jason Neto disse não compreender como a diretoria encontrará saída para a eterna crise que assola a instituição. “O Hospital de Cirurgia vive em uma eterna crise” afirmou o vereador, que criticou a ausência de diálogo da diretoria do hospital com a CPI da Saúde.

Jason disse ser preocupante as diversas situações vividas hoje pela unidade hospitalar. “Greve dos anestesiologistas, funcionários dois meses sem salários, demissões, a gente se pergunta de quem é a culpa dessa situação. A CPI não quer o mal, quer a solução. Nós queremos que o Hospital de Cirurgia volte a ser uma referência”, relatou.

O parlamentar criticou também a postura do médico Gilberto Santos, que é membro da diretoria do hospital e buscou ao presidente da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), para dialogar sobre o envio de documentos solicitados pela CPI da Saúde, na opinião de Jason este diálogo deveria acontecer com a comissão, na pessoa do presidente vereador Seu Marcos.

Por ascom parlamentar