Na tarde desta terça-feira, 09, o Núcleo de Apoio ao Trabalho da Secretaria de Estado da Inclusão Social (NAT/Seidh) realizou o atendimento de jovens egressos de estágio no Tribunal de Justiça de Sergipe (TJ/SE), no âmbito da parceria firmada entre as duas entidades para o programa Banco de Talentos Jovens. Alguns dos jovens atendidos pelo NAT já saíram com cartas de encaminhamento para seleções de emprego e Jovem Aprendiz.

O Banco de Talentos Jovens do TJ/SE visa aproximar estagiários do ensino médio e egressos de oportunidades de novos estágios ou empregos de nível superior, seja no próprio Tribunal ou em instituições parceiras. Segundo a diretora de Gestão de Pessoas do TJ, Tania Denise Doria Fonseca, o programa atende hoje 23 participantes, dos quais, 12 foram atendidos pelo NAT nesta terça. “Os que não vieram é porque não residem em Aracaju. Nós buscamos fomentar a inserção de todos no mercado de trabalho, criando oportunidades para eles. Os parceiros interessados podem acessar o banco no nosso site e verificar os currículos de que dispomos”, explicou Tania.

O secretário de Estado da Inclusão Social, José Carlos Felizola, revela a satisfação da Seidh em participar da parceria. “O Banco é um projeto social muito interessante, através do qual a instituição ampara o seu estagiário após a conclusão do contrato, dando continuidade e acompanhando o seu desenvolvimento profissional. E o NAT tem muito a contribuir”. Segundo a coordenadora Estadual do Trabalho e Emprego da Seidh, Sandra Magna Rezende, conta que essa contribuição se dá por meio dos encaminhamentos. “O candidato se cadastra à nossa plataforma do Sine, e o NAT pode atuar na intermediação da mão de obra, como é o caso de agora, ou na qualificação profissional do jovem. Ficamos felizes quando eles já saem com a carta em mãos”, revelou Sandra.

A jovem Raquel Casado, de 18 anos, é ex-estagiária da 3ª Vara Criminal do TJ/SE. Ela se cadastrou e recebeu carta de encaminhamento para uma seleção de emprego na área de vendas. “É muito importante para nós. Como a gente já tem experiência anterior no próprio tribunal, fica muito mais fácil tentar novas oportunidades. É um grande impulso. A entrevista já é quinta-feira, dia 10.  Então, eu saio daqui com uma esperança real”, disse Raquel. Já Vitoria Isabela, também de 18 anos, está cursando o 2º ano do ensino médio e foi encaminhada para uma seleção de Jovem Aprendiz. “Se eu passar, estarei no meu terceiro Jovem Aprendiz, depois da Cehop e do Tribunal. E, como eu moro sozinha, estou precisando muito de um emprego”, disse.

Seleção Jovem Aprendiz – Assim como Isabela, pode participar da seleção para Jovem Aprendiz todo estudante com idade entre 16 e 18 anos que esteja matriculado na Rede Pública de Ensino, cursando entre o 8° ano e a 2° série do Ensino Médio. O NAT está recebendo as inscrições até o dia 14 de maio, de segunda a sexta-feira, das 07h às 13h, na unidade Matriz (Rua Santa Luzia, 680 – São José). Basta comparecer e apresentar carteira de identidade, CPF, comprovante de residência, Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e comprovante de matrícula. A prova acontecerá no dia 30 de maio, das 08h às 10h; será objetiva e conterá 10 questões de Português e 10 de Matemática.

Por Ascom Seidh