Uma mulher identificada como Aline Silva de Carvalho, 32, foi presa na tarde desta quinta-feira, 26, durante a consulta  médica, por fraudar exames de uma outra paciente, laudos e até tratamento de câncer no Centro de Oncologia do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse).

Ela está sendo ouvida na 8ª delegacia metropolitana de polícia.

Segundo informações preliminares, ela chegou a arrecadar R$ 7 mil em campanha para custear o tratamento de um câncer inexistente e a motivação seria a tentativa de salvar um relacionamento amoroso. A campanha foi iniciada em outubro e o tratamento em dezembro.

A direção do Huse chegou até a fraude na terça-feira, 24, por meio de uma denúncia anônima. A partir daí, foi montado o esquema para prender a fraudadora que chegou a tomar seis sessões de quimioterapia.