O primeiro velório do funkeiro Mr. Catra começou na madrugada desta segunda-feira,10,  em São Paulo. O corpo está  em um velatório em Guarulhos. Segundo a assessoria de imprensa de Catra, também haverá um velório no Rio na terça-feira, 11.

Catra morreu na tarde desse domingo, 9, em São Paulo. Ele estava internado no Hospital do Coração, na capital paulista, tratando de um câncer gástrico. Ele deixa três mulheres, 32 filhos e quatro netos.

Catra lutava contra um câncer no estômago descoberto no início do ano passado. Ele passou por um intenso tratamento, teve que fazer uma dieta restrita, perdeu 35 kg e foi orientado pelos médicos a parar de fumar.

Em nota, o hospital informou a morte do cantor às 15h20, em decorrência de falência múltiplos órgãos, ocasionado pelo câncer gástrico.

O funkeiro também precisou tratar recentemente de uma pancreatite, tornando a dieta recomendada pelos médicos ainda mais urgente. Sofrendo também com diabetes, chegou a correr o risco de perder a visão. Por conta do tratamento, ele reduziu o número de shows. Catra estava morando em São Paulo e ia ao hospital uma vez por semana para realizar sessões de quimioterapia.

Foto: Extra