Moradores de ocupações da capital e do interior do estado de Sergipe ocuparam na manhã desta quarta-feira, 13,  a área externa do prédio da Secretaria de Estado da Mulher, Inclusão, Assistência Social, do Trabalho e dos Diretos Humanos (Seidhs), no bairro São José em Aracaju (SE).

Eles protestam contra um possível corte de pagamento do auxílio moradia e cobram do Estado um plano de habitação. Adultos, crianças e idosos estão amontoados e dizem que só irão deixar o prédio depois que tiverem uma resposta positiva.

Um representante dos manifestantes informou que hoje pelo menos 2600 famílias não casa própria e pro isso fazem parte dos movimentos para exigir um posicionamento do poder público.

A Seidhs informou que representantes dos manisfestantes serão recebidos pela secretaria para dialogar.