Moradores do povoado Areia Branca vão fazer um protesto hoje à tarde durante a assinatura da Ordem de Serviço para a execução das obras de urbanização da Orla Jornalista Cleomar Brandi, conhecida como Orla Por do Sol. Eles querem pavimentação e drenagem na comunidade que abriga cerca de 12 mil pessoas.

Segundo um dos líderes do ato e morador nativo do povoado Areia Branca, Marcos André Barreto Nascimento, é preciso que as autoridades públicas destinem os recursos assegurados na emenda parlamentar de R$ 63 milhões (destinada para os povoados Areia Branca, Mosqueiro e outras 15 localidades de Aracaju) e mais outras verbas para as comunidades mais carentes e não apenas aquelas que abrigam moradias de veraneio ou vias principais de acesso.

“Queremos que esses recursos sejam aplicados aqui. Somos carentes não temos creche, ruas pavimentadas, a não ser as principais e o Matapuã que tem casas de ricos”, desabafou.

A presidente do Conselho das Associações de Moradores dos Bairros Aeroporto, Jabotiana e Zona de Expansão de Aracaju (Combaze), Karina, ressaltou que uma decisão judicial federal de mais de oito anos que garante um plano de drenagem emergencial paliativo de drenagem e macrodrenagem na Zona de Expansão. Desde 2014, esse plano não vem sendo executado e precisa ser retomado.