Levantamento feito pelo G1.com mostra como votaram os deputados e senadores da atual legislatura. O portal fez o levantamento das principais votações de 2019, mais especificamente nos 100 primeiros dias de mandato. Até o momento, houve a votação de três proposições que se destacam na Câmara.

O portal aponta quatro principais projetos votados: a PEC que obriga o Governo Federal a executar todas as emendas parlamentares de bancada, em dois turnos; o texto-base do projeto que amplia o capital estrangeiro em empresas aéreas; e o projeto de lei que prorroga por mais 15 anos os benefícios fiscais concedidos a igrejas e instituições beneficentes.

Segundo este levantamento, o deputado Fábio Mitidieri (PSD), esteve ausente em todas as votações. O deputado Laércio Oliveira (PP) esteve ausente em duas votações: para ampliação de capital estrangeiro em empresas aéreas e para prorrogação de benefícios fiscais para igrejas. Já o deputado Valdevan Noventa (PSC) esteve ausente na votação do projeto que previu a prorrogação de benefícios para igrejas.

Valdevan é cristão protestante e lidera movimentos religiosos no interior de Sergipe. Por meio de nota, a assessoria de imprensa do deputado federal Valdevan Noventa (PSC) informou que na última quarta-feira, 8, o parlamentar teve que se ausentar de suas atividades por motivos de saúde, após consultado o deputado teria recebido um atestado de três dias. Ainda segundo a assessoria, a confirmação consta nos registros do Departamento Médico (Demed).

Já o deputado Laércio Oliveira (PP), alegou que suas atividades como vice-líder do Blocão ocupam sua agenda de forma intensa na Câmara dos Deputados, nos Ministérios e nas lideranças de partidos, o que nem sempre permite ao parlamentar retornar a tempo para votar, mas segundo sua assessoria, todas essas pautas são discutidas anteriormente na reunião de líderes que ele sempre participa.

A nota informa que o parlamentar também tem agendas para defender os interesses de Sergipe, a exemplo desta quarta-feira quando estava acontecendo a votação sobre benefícios fiscais para as igrejas. “O parlamentar estava sendo recebido no Ministério da Agricultura para solicitar recursos para o terminal pesqueiro de Aracaju, no DNIT para solicitar a conclusão das obras da BR-101 em Sergipe e esteve também no FNDE para discutir obras de escolas no estado. As reuniões nos ministérios já estavam agendadas e o parlamentar não conseguiu retornar a tempo para votar”, diz a nota.

O deputado Laércio Oliveira é vice-líder do Blocão e informou através de nota que por esse motivo tem uma agenda intensa na Câmara dos Deputados, nos Ministérios e nas lideranças de partidos. E em alguns momentos ele está em um local distante e não consegue retornar a tempo para votar. O parlamentar também disse que tem agendas para defender os interesses de Sergipe, a exemplo da desta quarta-feira quando estava acontecendo a votação sobre benefícios fiscais para as igrejas, o parlamentar estava sendo recebido no Ministério da Agricultura para solicitar recursos para o terminal pesqueiro de Aracaju, no DNIT para solicitar a conclusão das obras da BR-101 em Sergipe e esteve também no FNDE para discutir obras de escolas no estado. As reuniões nos ministérios já estavam agendadas e o parlamentar não conseguiu retornar a tempo para votar, diz a nota. Mas todas essas pautas são discutidas anteriormente na reunião de líderes que ele sempre participa. “Todas as votações são importantes. Não existe uma mais importante do que outra na condução do mandato, mas a agenda é bastante intensa e às vezes não conseguimos chegar a tempo para votar”, explicou Laércio.

O Fan F1 tentou contato com o deputado Fábio Mitidieri (PSD) mas não obteve sucesso. Assim que recebermos resposta, a matéria será atualizada.