Durante a manhã desta quinta, 03, guardas e agentes prisionais lotados na Cadeia Pública de Areia Branca flagraram Virgínia dos Santos de Jesus tentando entrar com drogas nas partes íntimas dentro da unidade.

Ao passar pelo scanner corporal, Virgínia, que tentava visitar o companheiro, Carlos Adelvan Santos, que se encontra custodiado na unidade, teve um corpo estranho identificado em suas partes íntimas. Ela foi encaminhada a uma sala, acompanhada de agentes femininas, onde entregou o material.

Após isso, Virginia foi levada à delegacia local para as devidas providências e teve o direto à visita revogado na unidade. A direção informou também, que serão realizados procedimentos administrativos para identificar o destino final da droga dentro da unidade.

Por Ascom Sejuc