Em entrevista a Narcizo Machado, no Jornal da Fan desta quarta-feira, 15, a deputada estadual Kitty Lima (REDE-SE) defendeu uma postura mais ativa da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) para promover debates sobre a crise econômica do Estado e ressaltou que sejam realizados com muita transparência e com a participação do povo.

“Esta é uma questão que muito me incomoda”, disse ao se referir à ausência desses debates. A parlamentar, que faz parte do Grupo G4, afirmou que o grupo de oposição formado na Alese pelos deputados Georgeo Passos (Cidadania), Samuel Carvalho (PPS) e Rodrigo Valadares (PTB) está pronto para cobrar esse debate, mas fez uma ressalva: “O problema é todos concordarem com isso”, falou ao se referir aos demais deputados.

Ainda sobre o governo Belivaldo Chagas, Kity Lima cobrou mais transparência às informações do Governo do Estado e acessibilidade ao governador . “Se há opiniões contrárias, é preciso que sejam respeitadas”, disse.

A deputada falou no programa, também, sobre os cortes na educação e lamentou. “É um retrocesso muito grande. Estive visitando o campus da Universidade Federal de Sergipe de Lagarto com o senador Alessandro Vieira [Cidadania-SE], uma estrutura magnífica, onde estão ampliando; estamos na luta”, disse.

Com relação ao prefeito Edvaldo Nogueira, a parlamentar disse que vem mantendo um bom diálogo.