Apesar de ter dito que ainda não foi notificada sobre o retorno do prefeito afastado Valmir de Francisquinho ao comando do município de Itabaiana (SE), a vice-prefeita que ainda ocupa o cargo de chefe do executivo municipal, garantiu que fará a transição com tranquilidade. Ela foi entrevista pelo radialista Narcizo Machado, durante o Jornal da Fan, na manhã desta quarta-feira, 13.

“Tive e tenho toda tranquilidade para acompanhar este momento, com toda lisura e comportamento moral que um ser humano deve ter. A transição será feita na maior tranquilidade, assim que eu receber a notificação serão exonerados os secretários que me acompanham”, informou.

Questionada se pretende disputar no próximo pleito eleitoral a prefeitura de Itabaiana (SE), Carminha, disse que não pretende, mas que este é um assunto para ser avaliado com seu grupo político. “Se meu nome tiver respaldo popular e isso for percebido pelo grupo, posso colocar meu nome à disposição”, falou.

Entenda o caso 

O prefeito eleito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho ficou preso por 15 dias em novembro do ano passado. Ele foi levado para o Presídio Militar, juntamente com o secretário de Agricultura, Erotildes José de Jesus, no dia 7 durante a Operação Abate Final.  Valmir foi indiciado por excesso de exação qualificada (cobrança indevida de tributos) e associação criminosa.

Desde então ele estava afastado da prefeitura, que está sob o comando da vice-prefeita, Carminha Mendonça. Ela assumiu a prefeitura no dia 20 de novembro do ano passado.

Nessa terça-feira, 12, a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, acolheu o recurso da defesa de Valmir, que pedia seu retorno à prefeitura do município.