Cerca de 36 horas depois do início do incêndio que destruiu completamente uma madeireira no Centro de Aracaju (SE), ainda é possível ver muita fumaça saindo do prédio. Durante toda a terça-feira, 12, o Corpo de Bombeiros atuou no rescaldo da área. As equipes só deixaram o local no período da noite e informaram que há risco de desabamento da faixada do prédio da madeireira, por conta disto, o trânsito na avenida Coelho e Campos está interditado no sentido Centro-Siqueira Campos.

De acordo com a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) de Aracaju (SE), o fluxo de veículos na área permanecerá suspenso enquanto houver risco de desabamento. A expectativa é que  que o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil façam uma nova avaliação do prédio nesta quarta-feira, 13.

A madeireira fica instalada no trecho entre as avenidas Airton Teles e Coelho e Campos e funcionava no local há 27 anos com cerca de 40 funcionários. O proprietário da loja, informou que na segunda-feira, 11,  que pouco depois do encerramento do expediente, foi informado do sinistro, mas até agora, não sabe o que teria provocado o incêndio.