Dois homens ainda não identificados invadiram por volta das 22h dessa quarta-feira, 13, o Hospital Regional de Propriá (SE). Os homens chegaram a chamar pelo nome um jovem que recebia atendimento médico no local, quando o jovem se identificou, recebeu cinco tiros e acabou morrendo. O jovem morto, tinha 21 anos e foi identificado como Tayson Soares de Souza. Ele recebia atendimento por já ter sido vítima de outros disparos de arma de fogo em uma festa no município vizinho, Neópolis (SE).

A polícia informou que dois homens suspeitos de envolvimento na tentativa de homicídio que deixou Tayson baleado na perna foram mortos em confronto com policiais  logo depois da ação criminosa. Eles foram identificados como Gileno Pedro da Silva, 22 anos, e Adson Diego de Andrade, 30. Os homens chegaram a receber atendimento no Hospital Regional de Neópolis (SE), mas não resistiram.

Com relação aos dois responsáveis pelos disparos que mataram o jovem no hospital a polícia ainda não tem informações.

O delegado responsável pelo caso, João Eduardo informou que Tayson teve uma passagem pela polícia quando ainda  era menor de idade.

Os três corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) em Aracaju.